top of page
  • Foto do escritorFrancisco Araujo

E agora? Meu filho adulto não quer crescer

Como Ajudar Seu Filho Adulto a Se Tornar Independente


Neste artigo, vamos ajudá-lo a entender e contornar o problema crescente em muitos países.


Certa vez, uma mãe super preocupada perguntou a Michele Langmead, uma notável conselheira familiar, como poderia motivar seu filho de 23 anos, que estava demorando muito para terminar os estudos. Segundo essa mãe, ele era mal-humorado, muito pouco comunicativo, não trabalhava, não ajudava em casa, dormia o dia todo e ficava no computador em jogos online, Freefire com certeza,

ou fora de casa a maior parte da noite.


Michele sugeriu: "Se você quiser motivá-lo, dê a ele um mês para encontrar outro lugar para viver." A mãe sabia que isso era o certo, mas não conseguia fazer.

  • Entendendo o problema


Muitos jovens não aprenderam a cuidar de si mesmos, talvez porque foram tratados como crianças por muito tempo. Por outro lado, muitos pais não entendem que, para seus filhos se tornarem adultos maduros, precisam deixá-los abraçar a vida, tomar decisões e enfrentar as consequências.


Quando os pais tratam seus filhos adultos como crianças, dizem: "Eu não acredito que você possa cuidar de si mesmo, então farei isso por você." A mensagem implícita é: "Não confiamos em você para administrar sua própria vida."


  • O que fazer agora?


Felizmente, muitos pais percebem que é hora de soltar o filho. Neste ponto, é importante que ambos adotem o "amor exigente" para dar ao filho a melhor chance de viver.


Michele sugere que os pais digam aos filhos adultos:

- O quanto os amam e acreditam neles.

- Que sabem que são capazes de lidar com a vida com todos os riscos, fracassos e sucessos.

- Que haverá mudanças e não mais sugestões e conselhos.

- Que confiam na capacidade deles de resolver os problemas.


Michele conta que certa vez uma mãe perguntou: "E se algo terrível acontecer?"


Ela respondeu: "Sim, coisas ruins podem acontecer, ou talvez não. Não há garantias. É preciso confiar."

  • Dicas para lidar com seu filho que não quer falar com você


Aspectos psicológicos que podem estar presentes:

- Desde que não houve qualquer agressão direta da família, a questão está com ele.

- O filho tende a se retrair e resolver as coisas sozinho, sendo mais reservado sobre seus sentimentos.

- Às vezes, ele se torna introspectivo e não pensa nos sentimentos dos entes queridos, talvez para proteger a família.

- A percepção do problema dele é provavelmente diferente da sua.


Ações positivas:

- Respeite a escolha dele. Você não causou isso.

- Seja paciente. Pode haver razões pelas quais ele está encontrando dificuldades para pedir ajuda.

- Ofereça apoio emocional. Deixe-o saber que você se importa e pode ajudar se ele mudar de ideia.


Ações a evitar:

- Pressioná-lo a falar pode fazer com que se sinta menos à vontade para contar suas experiências.

- Forçar alguém a obter ajuda, especialmente se tiver mais de 18 anos e não for uma situação de emergência. Todos somos responsáveis por tomar nossas próprias decisões, inclusive buscar ajuda.


Ações de autocuidado:

- Continue cuidando de si mesmo. Você merece ser feliz.

- Estar bem ajuda aqueles que aceitam sua ajuda com amor.

- Se sentir-se sobrecarregado, reserve mais tempo para se recuperar.

- Procure ajuda profissional se sentir-se pressionada. Apoio pode ajudar a ser mais realista sobre o que fazer.


Banco de literatura utilizada para este conteúdo, faça bom proveito :


- [LANGMEAD, Michele. "What to do when your adult child won’t grow up", 2010.](https://www.focusonthefamily.ca/content/what-to-do-when-your-adult-child-wont-grow-up)

- [Adult son stopped talking to me, 2016.](https://www.beyondblue.org.au/get-support/online-forums/relationship-and-family-issues/adult-son-stopped-talking-to-me)


Michele Langmead é Conselheira Familiar da Instituição Focus on the Family no Canadá.


___________________________________________






---


Redes Sociais:

- Instagram: @franciscopsicologia


- Facebook: @francisco_psicologia


- LinkedIn: @franciscopsicologia


- Twitter: @franciscopsicologia


- TikTok: @franciscopsicologia


*Todos os direitos reservados - Copyright 2024*

16 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page